Os gols do Leão foram marcados por Vinícius Pacheco e Paulo Sérgio; já Arthur descontou para o Vovô

No último Clássico-Rei de 2017, dessa vez pela Taça Fares Lopes, o Fortaleza, que busca o título para assegurar vaga na Copa do Brasil do próximo ano, venceu o Ceará por 2 a 1, gols do atacante Vinícius Pacheco, de pênalti na primeira etapa, e do atacante Paulo Sérgio no começo do segundo tempo. O tento único do alvinegro na jornada foi assinalado pelo atacante Arthur.

Logo nos primeiros minutos da partida, o atacante Arthur obrigou o goleiro Max Walef a realizar grande defesa. Depois, aos 16, a defesaalvinegra marcou bobeira e o atacante Gabriel Pereira analizou levando perigo.

Aos 21, o atacante Vinicius Baiano fez o pivô para Adenilson soltar o balaço para fora da meta defendida por Fernando Henrique. Aos 26, novamente Gabriel Pereira apareceu em ótima jogada pela direita, rolou para o meio da área, e o atacante Paulo Sérgio chegou atrasado com o gol aberto a sua frente. Aos 31, o Vovô voltou a levar perigo em cruzamento de Pio para Arthur, que cabeceou sem levar muito perigo.

Aos 35 minutos, o Fortaleza seguia explorando suas jogadas pelo lado esquerdo. Dessa vez, Danilo cruzou rasteiro, Vinícius Baiano empurrou para o fundo da rede. Contudo, o avante estava em clara posição irregular e o tento foi corretamente anulado.

O gol do Tricolor ocorreu no finalzinho da etapa inicial. Adenilson recebeu dentro da área, fez o corte, e o árbitro enxergou penalidade de Jackson Caucaia no atleta tricolor. O atacante Vinícius Pacheco pegou a bola e converteu em gol para o Leão, em cobrança de categoria, com goleiro para um lado e bola para o outro.

Pressão alvinegra e vaga tricolor

Na segunda etapa, logo aos 5 minutos, dessa vez Paulo Sérgio não vacilou e fez um belo gol de fora da área, colocando no cantinho de Fernando Henrique, que nada podia fazer no lance.

Nos minutos nais, o Ceará chegou ao seu gol, aos 40, após jogada de Rafael Carioca pela esquerda, que o goleiro Max Walef espalmou para o meio da área, ninguém da defesa afastou, e Arthur nalizou para o fundo das redes. Após o tento do garoto alvinegro, a pressão do Vovô em busca do empate intensicou-se, e Magno Alves ainda teve a oportunidade mas acabou parando em Max Walef, um dos destaques do Tricolor do Pici ao lado de Vinícius Pacheco e Gabriel Pereira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here